18 de nov de 2016

Maria do Sol


O que você faria se um pesadelo do passado insistisse em te perseguir durante toda a sua vida?  É isso o que acontece no livro Maria Do Sol,mais precisamente com o Pedrinho.  Pedrinho vai com seus pais para o sitio da família, para comemorar o aniversário de 50 anos de dona Carlota, sua avó, e lá ele se depara com uma linda e carismática garota chamada Maria Do Sol. Pedroca sempre foi mimado por seus pais, porém, não recebia o essencial : a atenção, dos seus pais, pela falta de tempo deles, e com isso impediu que o garoto tivesse uma infância social, mas logo tornou-se amigo da garota.  Ao ver a menina rodeada de outros colegas, Pedrinho passou a sentir uma espécie de ciúmes da garota e termina agindo por impulso, fazendo uma travessura com a pobre Maria, como se aquilo fosse realmente resolver seu problema.  Então, essa travessura cometida no passado tende a se tornar constante em seus pensamentos e pesadelos, assolando seus dias, mesmo já sendo adulto.— É o que chamamos da tão indesejada culpa — Guardando consigo seus medos e inseguranças. 🌟
🌟
🌟  O livro trás consigo vários assuntos portantes como por exemplo: a culpa, o medo, o desespero, e também o amor. Sim, o amor, pois de certa forma a autora Alice Raposo, consegue trazer esse sentimento à tona, mesmo no finalzinho do livro.

Com uma escrita leve, e muito bem elaborada, a autora prende o leitor até a última página. Eu vivi varias emoções no decorrer da leitura. Sofri com o pedrinho e seus medos,  e de certa forma eu passei a me perguntar: e se o que aconteceu com pedrinho, acontecesse comigo, como eu reagiria? Eu realmente não sei o que faria, mas de certa forma eu aprendi com o Pedro uma forma de reagir a essa situação, por mais que ele tenha tentado fugir algumas vezes. 


Por: Jadson

Nenhum comentário:

Postar um comentário